Mudanças no Enem 2017

Atualizado em: 28.12.2016

28/12/2016

Tudo sobre as mudanças no Enem 2017. A proposta de Reforma do modelo atual do ensino médio trouxe algumas dúvidas para os estudantes que pretendem se inscrever para o Enem 2017. O Exame que atualmente serve como base para quem pretende ingressar no ensino superior pode sofrer algumas mudanças sejam elas na sua forma estrutural ou no conteúdo programático das questões.

O INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira é a autarquia não governamental responsável em elaborar e aplicar as provas do Enem. Hoje o INEP é presidido pela educadora Maria Inês Fini que em entrevista fez a seguinte declaração: “Se o nosso ministro concordar (José Mendonça Filho, ministro da Educação), já em 2017 teremos alguma mudança”.

Esta não seria a primeira vez que o Enem sofre mudanças, já que em 2008 o Exame era composto por apenas 63 questões em uma única prova. Em 2009 as notas obtidas no Enem passaram a ser usadas como base para ingresso no ensino superior através de programas do MEC e com isso passou ter 180 questões divididas em quatro provas com temas referentes a áreas especificas de conhecimento.

Reforma do Ensino Médio e Enem 2017

As propostas da reforma e mudanças do ensino médio que podem contribuir para alterações no formato do Enem 2017 são o aumento da carga horária de aulas do curso e matérias obrigatórias no currículo educacional segundo a BNCC – Base Nacional Curricular Comum.

Segundo o proposto, os estudantes terão que obrigatoriamente durante a primeira metade do ensino médio estudar as matérias escolares definidas pela BNCC. Na segunda metade estariam livres para dar ênfase a matérias que mais se adequarem a sua opção de formação superior ou ainda optar por cursos técnicos profissionalizantes.

Mudanças Enem 2017

Partindo destes princípios as questões das provas do Enem 2017 seriam baseadas apenas na BNCC (que ainda não foi definida pelo MEC), podendo haver uma alteração no número, dificuldade e tempo para resolver as questões do Exame. Como a nova BNCC deve ser definida ainda em meados de 2017, devemos esperar apenas mudanças na estrutura do Enem 2017.

A maioria dos participantes da última edição do Enem reclamou que o tempo disponível não foi suficiente para a resolução das questões. Já alguns citam que os textos de apoio para resolver as questões foram demasiadamente grandes, o que também contribuiu para dificultar mais o Exame.

O Enem continuará a ser uma das principais portas para quem deseja ingressar no ensino superior. Para ficar sempre bem informado sobre tudo o que de importante acontece no Enem 2017 basta visitar a nossa página do Facebook, curta e compartilhar.

Notas do Enem 2017 continuam a ser base em processos seletivos

Apesar de ter declarado em entrevista que o Enem não foi planejado para ser um exame vestibular, a presidente do INEP garante que as notas obtidas pelos participantes continuarão a ser usadas para ingressar em instituições de ensino superior através dos já conhecidos programas do Ministério da Educação e Governo Federal.

As notas do Enem são utilizadas nos processos seletivos do SISU ( Sistema de Seleção Unificada) Prouni (Programa Universidade para Todos) e Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Estes programas selecionam os participantes do Enem que desejam obter vagas, bolsas de estudos e financiamentos estudantis em instituições públicas ou privadas de ensino superior.

O período de inscrições para participar do Enem 2017 deve ser parecido com o da última edição do Exame. As inscrições devem continuar a ser realizadas apenas no endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br. A taxa de inscrição para participar do Exame deve ser mantida, bem como os critérios para isenção do pagamento.

Também não é possível afirmar ainda quais serão as datas em que as provas do Enem 2017 serão aplicadas. Mas é provável que isto deva acontecer no segundo semestre do ano entre os meses de outubro e novembro. Já os locais de aplicação devem continuar a ser divulgados através do Cartão de Confirmação de Inscrição, disponibilizado no site do Enem.

PAOLA DE SOUSA abril 25, 2017 às 17:24

bom meu irmão precisa do certificado do ensino médio, mas não é mais pelo enem e pelo encceja, como ele faz para se inscrever?

Responder

Leave a Comment

Notícia anterior:

Próxima notícia: